28 de mar de 2012

Codinome do novo PlayStation pode ser “Orbis”

Como será o novo PlayStation? (Foto: Reprodução/GSM Arena)
O site Kotaku descobriu várias informações sobre o sucessor do PlayStation 3, através de fontes dentro da própria Sony. O site afirma que o console está em desenvolvimento sob o codinome “Orbis” (que poderia, inclusive, ser o nome final do aparelho) e detalha várias especificações técnicas, além de temas controversos como retrocompatibilidade e bloqueio de games usados.



Tenha em mente que nenhuma informação a seguir foi confirmada pela Sony.
Primeiramente, sobre o seu nome: Orbis pode ser traduzido como “mundo”, “órbita” ou “círculo”, pode ser uma referência à conectividade global do console. Ele supostamente será lançado no fim de 2013, a tempo para o natal. Seus jogos serão vendidos novamente em Blu-Ray ou digitalmente, via download. Apesar de usar a mesma mídia, o Orbis não será compatível com jogos do PlayStation 3.
Além disso, será necessário registrar os jogos comprados na sua conta da PSN, uma medida contra a pirataria e jogos usados. Assim, o novo console deve exigir conexão constante à internet. Jogos usados ou mesmo emprestados terão seus recursos limitados, ou similares a demos. Para acessar o jogo completo, pode ser necessário pagar à Sony uma taxa adicional.
Entre as especificações de processamento do Orbit, está um processador de 64 bits e uma unidade de processamento gráfico da família Southern Islands (mais precisamente a série Radeon HD 7000), ambos da AMD. A resolução máxima do console é de impressionantes 4096 x 2160 pixels, e será capaz de reproduzir jogos em 3D estereoscópico em 1080p.
Algumas produtoras já teriam recebido kits básicos de desenvimento de jogos desde o início do ano, e novos kits, revisados e melhorados serão continuamente enviado ao longo do ano. Unidades beta do console estariam disponíveis já no fim de 2012.
Após o vazamento do “Durango“, codinome do sucessor do Xbox 360, estava mesmo na hora de aparecer algum detalhe sobre o novo PlayStation doméstico. Se o que o Kotaku descobriu é verdade, só o tempo dirá. Fique ligado.

Fonte: TechTudo